FONE: +55 (19) 3308.1252

Si-COAT® 570hs HVIC

Sobre este Si-COAT®

Ficha Técnica

Revestimento em Silicone RTV Si-COAT® para Isolador de Alta Voltagem

Resolve seus desafios de isolamento mais difíceis.


Si-COAT® 570hs HVIC é quase o mesmo que o Si-COAT® 570 HVIC. No entanto, o 570hs é formulado com quantidades reduzidas de solvente, o que gera uma elevada formulação de sólidos. O conteúdo elevado de sólidos do material não só reduz o tempo necessário para criar a espessura desejada do filme, mas também excede os requisitos de COV da maioria das jurisdições.

O revestimento é otimizado para a produção de alto volume em ambientes fechados, tais como dentro de locais de fabricação de isoladores ou dentro de oficinas de revestimento isolador de produção em massa.

 

Benefícios do Si-COAT® HVIC


 Revestimento em Silicone RTV Si-COAT® para Isolador de Alta Voltagem 04

A longa vida útil do Si-COAT HVIC foi demonstrada conclusivamente em milhões de isoladores instalados no mundo desde 1987

O Si-COAT® elimina a necessidade de manutenção repetitiva de isoladores contaminados com <strong> benefícios diretamente mensuráveis</strong>:

Redução de Custos de Manutenção

Maior Confiabilidade e Eficiência do Sistema

Maior Potencial de Geração de Receita

Menor Impacto ao Meio Ambiente

 

Vantagens do Si-COAT® HVIC


  → RTV ( Room Temperature Vulcanizing )

→ Aderência Superior

→ Acabamento Superficial Liso

Concentração Elevada de LMWS (Silicone de baixo peso molecular)

→ Hidrofobicidade Muito Alta

Sem necessidade de lavagem com água

Eliminação quase total de corrente de fuga

→ Sem necessidade de alterar padrão de isolamento

→ Tecnologia comprovada há mais de 20 anos ao redor do mundo

→ Garantia Conjunta com Fabricante por até 10 anos

→ Manutenção ZERO: Vida útil média de 15 anos

→ Aplicável em qualquer isolador de porcelana, vidro ou polimérico

 

 

Informações Técnicas do Si-COAT® HVIC


Como Funciona

O desempenho do Si-COAT® HVIC se deve ao siloxano essencial de baixo peso molecular (LMWS), que migra naturalmente do interior do revestimento para sua superfície.

Por causa de sua energia livre superficial baixa, o LMWS se acumula na superfície do revestimento em uma camada de espessura de no máximo uma molécula, também conhecida como “monocamada”.

Conforme os contaminantes se depositam na monocamada de LMWS, este encapsula rapidamente a partícula contaminante. Esse fenômeno é novamente um resultado da energia livre superficial muito baixa de LMWS.

Uma segunda característica do LMWS é sua resistência dielétrica extremamente alta. A partícula contaminante encapsulada é efetivamente isolada física e eletricamente da umidade (isto é, chuva, névoa ou orvalho). Assim, o caminho contínuo necessário para o fluxo de corrente de fugaé quebrado.

Causa e Efeito da Corrente de Fuga Elétrica

A poluição de várias fontes (industrial, névoa, salina, pós de fertilizador, etc) contamina a superfície do isolador.

A poluição combinada com a umidade ambiental (chuva, névoa, orvalho, etc) cria um filme elétricamente condutivo na superfície do isolador.

O filme eletrolítico de água na superfície do isolador promove o vazamento de corrente.

Um isolador que experimenta corrente de fugafica propenso a redução de confiabilidade e requer manutenção regular.

O corrente de fugatambém representa uma perda de energia elétrica, que é uma perda financeira.

O corrente de fugaem todas as áreas de diâmetro inferior gera aquecimento devido a densidade de corrente mais elevada nessa área. Maior aquecimento promove o desenvolvimento de uma “região seca”.

Como a região seca cria uma ruptura no perfil de tensão do isolador, surgem pequenas descargas de superfície. Este fenômeno é conhecido como “arcos na região seca”.

Excessivos arcos na região seca levam à descarga corona. Efetivamente, um plasma gasoso iônico é criado, que cerca o isolador. O plasma é eletricamente condutivo.

O desenvolvimento desse plasma é a etapa final para falha catastrófica na forma de uma descarga elétrica.

Como Si-COAT® evita a Corrente de Fuga Elétrica

Revestir o isolador com Si-COAT® HVIC elimina o vazamento de corrente.

O revestimento (cinza) segrega uma monocamada de LMWS (verde). LMWS pode ser considerado como um óleo.

LMWS é energia superficial muito baixa + resistência dielétrica muito alta

Slide12

Conforme as partículas de contaminação (preto) se depositam na superfície do revestimento, elas fazem contato direto co o LMWS microscópico.

Dentro de poucos minutos, as partículas de contaminação tornam-se microencapsuladas pelo LMWS.

Slide13

Isso é possível devido à característica de energia superficial muito baixa do LMWS.

A água (azul) que pode ser  coletada na superfície é física e eletricamente isolada das partículas contaminantes. O isolamento elétrico se deve a resistência dielétrica muito alta do LMWS.

Além disso, a água forma gotículas discretas devido à energia superficial muito baixa do LMWS. Isso é conhecido como hidrofobicidade. A eliminação do filme de água desestimula ainda mais o vazamento de corrente.

Slide14

O fenômeno descrito acima oferece proteção de longo prazo. A longa vida útil do Si-COAT® foi demonstrada conclusivamente em milhões de isoladores instalados ao redor do mundo desde 1987.

[imagem 4]

O Si-COAT® oferece tal confiabilidade a longo prazo devido às suas ricas e densas reservas de LMWS. Além disso, a fórmula exclusiva e patenteada garante que a migração de LMWS para a superfície de revestimento permaneça livre.

A Formulação Ideal

Os Silicones destinados a serviços de alta tensão devem conter um ingrediente essencial chamado de “ATH”.

Alguns produtos de baixa qualidade excluem ATH e substituem por filtros de quartzo muito baratos. Embora produtos cheios de quartzo sejam promovidos como tecnologia de última geração, não se deixe enganar.

ATH é essencial. A patente do Si-COAT® HVIC é baseada na descoberta de que o tamanho ideal de ATH é 13 mícrons

O objetivo do ATH é proteger o silicone caso ocorram descargas de superfície em condições adversas. Sem ATH, o silicone pode queimar.

A proteção é fornecida pela superfície da partícula ATH. Em uma base de massa por unidade, a área da superfície de ATH é aumentada, tornando as partículas menores em tamanho.

No entanto, ATH pequena vai obstruir as vias no interior do revestimento através do qual o LMWS deve difundir para atingir a superfície do revestimento.

LMWS deve poder difundir-se livre e rapidamente através do corpo do revestimento de modo a microencapsular rapidamente a contaminação presente na superfície do isolador.

Por meio de pesquisa foi determinado pelos laboratórios da CSL Silicones Inc. que o tamanho ideal da partícula ATH é 13 mícrons.

Si-COAT® HVIC → A melhor tecnologia patenteada HVIC  de Silicone RTV do mundo.

Um isolador revestido recentemente com Si-COAT® HVIC demonstra hidrofobicidade excelente.

O nível de hidrofobicidade é medido pelo ângulo de contato formado entre uma gotícula de água e a superfície de revestimento.

No caso de Si-COAT® recente, α = 120º em média.

Desempenho Insuperável

Na maioria dos casos, Si-COAT® atinge ultra-hidrofobicidade, que é um ângulo de contato extremo maior que 150º.

A abundância de LMWS em Si-COAT® combinada com partículas de contaminação cria uma microtextura hidrofóbica sobre a superfície do revestimento. Aciência denominou esse fenômeno como “Efeito da folha de Lótus”. Como em uma folha de lótus, a água simplesmente rola e evapora.

Como o Si-COAT® desenvolve ulta-hidrofobicidade, o revestimento tem uma tendência e permanecer seco derramando rapidamente a água.

Um isolador que permanece seco é um isolador que permanece em seu desempenho de isolamento mais elevado

O Si-COAT® também é adequado para o uso em todos os níveis de tensão, inclusive os projetos UHV mais recentes.